segunda-feira, 23 de julho de 2012

Mudanças de Ideias...

Andei meio sumido e sem escrever para o blog pois esse mês foi um tanto quanto conturbado para mim... Infelizmente o dinheiro que eu havia guardado teve que ser gasto para repor o meu computador que estragou. Esperei até o último minuto para adiquirir um novo, já fazia tempo que o antigo estava capengando e falhando toda hora.

Não queria ter que comprar um computador novo, mas infelizmente para mim é extremamente complicado ficar sem computador. Acredito que não seja um "luxo" ou "somente um passatempo" já que meus estudos, pesquisas e trabalhos dependem do mesmo. Vejo como uma forma "indireta de investimento", uma vez que ele é capaz de me trazer informações e aprendizados que para mim são bens intangíveis.

Fiquei muito triste por gastar praticamente todo meu dinheiro com essa aquisição, mas comecei a pensar depois de ler um post do Valores Reais sobre hábitos que não fazem mais sentido depois de um tempo, mas que mantemos simplesmente por que são HÁBITOS.

Meu computador antigo fez com que eu adiquirisse um hábito nada saudável, eu tava começando a me estressar facilmente, por inúmeras vezes que ele insistia em travar na hora que eu mais precisava dele.

Após ler o post do Valores Reais comecei a pensar em coisas que antes eu via como certas e agora simplesmente não fazem mais tanto sentido. Confesso que muitas dessas coisas eu absorvi em lugares não muito confiáveis e de pessoas que eu não conheço, mas que diziam com tanta convicção que eu acreditava.

Uma dessas coisas era em relação aos aportes, fazer aportes astronômicos perto dos 100% após minhas despesas fixas parecia o correto e a maneira de se prosseguir para garantir a IF. Meus cálculos para meu planejamento financeiro levavam em conta um aporte de cerca de 70 a 80% do que recebo. Isso me privava de muitas coisas e como meus amigos me alertaram já algumas vezes, percebi que estava me distanciando de todos e isso não é saudável.

Esse mês voltei a ter contato com a maioria e decidi baixar os aportes para cerca de 50% do que recebo, ou o que tiro em apenas 1 dos meus serviços. Fazendo isso acredito que terei mais flexibilidade para sair e adquirir coisas que eu estava deixando de lado, me estressarei menos com problemas bobos [como um computador que não funciona mais] e também trabalharei melhor meu networking, que além de importante pra mim é NECESSÁRIO para conseguir ter mais oportunidades.

Uma pessoa que admiro muito a forma de pensar é o Bons Dividendos, li uma vez em algum comentário dele que não podemos deixar de fazer as pequenas coisas que nos dão prazer apenas por causa da IF. Vou voltar para meus estudos, continuar aportando [de maneira mais equilibrada dessa vez] e procurar outras maneiras de conseguir renda passiva.

Acredito que não é possível viver bem negligenciando algum setor da vida e focando APENAS em um, como eu estava fazendo com as finanças. Voltarei a "investir" mais na minha saúde e relacionamentos, pois é com eles que aproveitarei minhas IF. [Lembrei da história do banqueiro e do pescador].

De que adianta viver num inferno por anos seguidos para conseguir um "pedacinho do céu" depois de tanto sofrimento. A estrada tem que ser divertida e não um sacrifício.
God Bless You All....


3 comentários:

  1. isso ai, li num livro sobre isso, nao da certo focar no if e negligenciar o resto, vc mesmo acaba sabotando o plano. abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, depois que parei pra dosar essas coisas parece que tirei um peso dos ombros... Depois disso parece que ta tudo tomando rumo certo agora, infelizmente tive que "perder" uma boa grana pra ver isso...

      Excluir
  2. Opa!
    Você sumiu da blogosfera. Realizei um mapeamento dos blogs desativados...
    http://abacusliquid.com/finansfera-timeline-2/
    Pretende reativar em algum momento e seguir conosco?
    Abraço!

    ResponderExcluir